WINDOWS DE ÊUTICO

POR DANIEL SANTOS


"E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto." - Atos 20:9

Há um grande crescimento na área da interatividade horizontal, e desde o CTSS da MIT um dos primeiro sistemas operacionais já elaborados.[1]
E o que mais me impressiona é que o sistema mais usado no mundo tem o nome significativo para o momento; "Windows" (Microsoft). E como bem sabemos Windows traduzido do inglês para a língua portuguesa, temos a palavra "Janelas."

O jovem Êutico representa dentro de uma visão simbólica aquele que se rende às novidades deste século; uma mentalidade imatura que se atraí facilmente por aquilo que emerge da "janela."

"Uma coisa é possuir conhecimento de algo; e outra bem diferente, é aquilo que fora conhecido, nos possuir"

A bíblia relata que esse jovem estava assentado numa janela; uma posição propícia para o adormecimento e consequentemente à queda; e é justamente o que acontece com a mente quando os olhos estão anestesiado no mundo virtual.

A janela em si não causa dano algum, não obstante, a acomodação é a principal responsável pela perda.
Curioso fora o andar do prédio em que ele se encontrava no ato da queda.
A bíblia nos diz que a mensagem era entregue no terceiro andar; e obviamente o discurso do apóstolo girava em torno do plano redentivo de Cristo.
O contexto nos permite a relacionar estes andares com os patamares salvíficos. Se eles: a eleição do Pai, a morte de Cristo, e a santificação do Espírito Santo.

> 1° Andar - Não há queda na Eleição do Pai porque ainda estamos na ignorância.

> 2° Andar - Não há queda na experiência da conversão, porque no ato do chamado estamos em processo de arrependimento, e vida nova.

> 3° Andar - Mas se pode cair no processo de santificação: "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor." (Hebreus 12:14)

Para concluirmos a nossa assertiva de hoje; é válido lembrar da pertinente profecia de Jeremias: "Porque a morte subiu pelas nossas janelas, e entrou em nossos palácios, para exterminar as crianças das ruas e os jovens das praças." (Jeremias 9:21)

Insistentemente o Senhor tem amado o seu povo, ou seja, as mentes inclinadas para as novidades desta terra. É necessário que fique claro, a janela não foi a responsável pelo adormecimento deste jovem mas o seu assentar.

Fonte: [1]https://goo.gl/HT6DRt

A Palavra de Salvação bem ao encontro do homem


”Uma coisa disse Deus, duas vezes a ouvi: que o poder pertence a Deus.”
                                                                                                            Salmo 62:11


INTRODUÇÃO
Quando Deus cria o mundo ele o faz através da sua palavra, “ E disse Deus: haja luz, e houve luz...” Gênesis 01:03, mas quando ele cria o homem, disse Façamos. 
“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança...”
                                                                                                                          Gênesis 01:26.
Quando Deus cria o homem, o desejo Dele era de que homem habitasse com Ele eternamente, desfrutando dos seus benefícios, convivendo com uma íntima e profunda relação com Ele, para isso era preciso que o homem atendesse a ordem dada de que não comesse da árvore do conhecimento do bem e do mal, o homem então desobedece a ordem de Deus, pecando e passando assim a estar distante do Senhor e da sua eternidade.

DESENVOLVIMENTO
Com o desejo de ter sempre o homem ao seu lado, e sabendo então que o homem pecaria, pois Deus é onisciente, já estava estabelecido na eternidade, mesmo antes de o homem desobedecer a voz de Deus, um plano de salvação, de resgate da alma do homem, e é disso que o texto neste Salmo fala.

“Uma coisa disse Deus...”
Quando o texto fala que Deus disse, é porque sua palavra foi declarada, proclamada, na sua eternidade, Deus proclamou a salvação para o homem, para que através dela o homem pudesse novamente retornar à sua presença, sem essa proclamação, esse decreto, o pecador jamais teria condições de alcançar vida eterna.

“...duas vezes a ouvi...
Disse disse uma única coisa, mas o homem a ouviu por duas vezes, ou seja, foram as oportunidades que Deus falou que traria salvação para o homem.


A Primeira Vez.
Velho Testamento
O salmista Davi aqui fala que o homem ouviu essa palavra por duas vezes, a salvação é profética, pois tem a sua origem na eternidade, sendo assim, através da profecia Deus anuncia a humanidade que enviaria a sua salvação na pessoa do seu filho Jesus, vemos em todo o velho testamento que Deus por meio da profecia fala da sua salvação, pela profecia de que Jesus viria ao mundo, foi a primeira vez que o homem ouviu a salvação proclamada por Deus.
“Eis que Deus é a minha salvação; nele confiarei, e não temerei, porque o SENHOR DEUS é a minha força e o meu cântico, e se tornou a minha salvação.
E vós com alegria tirareis águas das fontes da salvação” Isaías 12:2,3


A Segunda Vez
Novo Testamento
A segunda vez que o homem ouviu a proclamação de salvação da parte de Deus, foi quando Jesus foi enviado ao mundo, vindo em forma de homem, trazendo assim a salvação para o homem que estava distante de Deus, a salvação proclamada na eternidade agora vindo de encontro ao homem.
 “E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” Mateus 01:21

Jesus no hebraico – יְשׁוּעָ (Yeshua) que significa Salvação.

Sendo assim, Jesus é a salvação anunciada por Deus, profetizada no Velho Testamento, e manifestada ao olhos do homem no novo testamento.

“Uma coisa disse Deus...”
Podemos perceber que Deus declarou a sua palavra uma única vez, a salvação é única, de forma que entendemos não haver outro plano, outro projeto, por isso a oportunidade que hoje é dada, a vida eterna, é única.
“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem”
                                                                                                                                         1 Timóteo 2:5
...que o poder pertence a Deus...
O único que tem poder  de criar o plano de salvação para  a vida do homem, esse é o Senhor Deus, e que assim o fez através da pessoa do Senhor Jesus, não há outro. Somente Deus pode fazer isso.

CONCLUSÃO

Deus quer o homem perto de Si, por isso a palavra de salvação veio da sua eternidade ao encontro do homem na pessoa de Jesus, basta que esse a aceite para que tenha a vida eterna.

Por que a Mulher Samaritana foi para o Poço ao meio dia?


“E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isso quase à hora sexta”
Veio uma mulher de Samaria tirar água...”
                                                                                         João 04: 06 e 07a


No sistema de contagem de horas os judeus haviam adotado a contagem de 12 horas para o dia (diferentemente da contagem de horas do ocidente), a contagem iniciava-se ao amanhecer do dia até ao pôr do sol, Jesus disse: “Não há doze horas no dia?” João 11:09; sendo assim a primeira hora era por volta das seis da manhã, a terceira hora por volta das nove da manhã, e a hora sexta relatada no versículo é por volta do meio dia, mas não é só uma questão de comparação de horários é que definiria uma única resposta para mostrar o motivo daquela mulher ir ao poço naquele momento.

Atividades Domésticas
Dentre as obrigações domésticas que a mulher realizava nos tempos bíblicos, uma delas era buscar água no poço, ou na fonte, esse trabalho era feito exclusivamente por elas; isso acontecia em dois horários: no início do dia (logo ao amanhecer), ou pela tarde (no fim do dia), esse trabalho geralmente era feito pelas filhas mais velhas da casa; tal fato pode ser notado quando Eliezer servo de Abraão foi buscar uma esposa para Isaque.  

“E fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água, pela tarde, ao tempo em que as moças saíam a tirar água.”
                                                                                             Gênesis 24:11

 Desde os patriarcas havia uma refeição nos tempos bíblicos chamada sesta, quando vinha o calor do dia, que era por volta do meia dia, era hora de fazer a refeição e descansar.
Quando Abraão foi visitado por três seres celestiais, estava na entrada da tenda nesse horário.

“Depois, apareceu-lhe o Senhor nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, quando tinha aquecido o dia.”
                                                                                              Gênesis 18:01

José quando viu seus irmãos se apresentarem diante dele no Egito, mandou preparar uma refeição para esse horário.

 “Vendo, pois José a Benjamim com eles, disse ao que estava sobre a sua casa: Leva estes varões à casa, e mata reses e prepara tudo; porque estes varões comerão comigo ao meio dia.”
                                                                                             Gênesis 43:16.


O aquecer do dia, ou o meio dia, era a hora em que as famílias estavam em casa reunidas, e fazendo as suas refeições, em virtude disso não haviam mulheres no poço para buscar água, pois elas estavam dentro dos seus lares; por esse motivo a mulher samaritana ia buscar água no poço sozinha, mesmo numa hora de muito calor, o motivo pelo qual ela fazia isso foi revelado por Jesus:
“Disse-lhe Jesus: vai chama teu marido e vem cá.
A mulher respondeu e disse: não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: não tenho marido,
Porque tiveste cinco maridos e o que agora tens não é teu marido; isso disseste com verdade.”
                                                                                           João 04: 16 a 18

Por causa da sua forma de vida, aquela mulher não queria ser vista por outras pessoas, especificamente por outras mulheres, e como Jesus disse, ela  teve cinco maridos e a pessoa com quem ela convivia não era seu marido, isso lhe trazia muita vergonha, então ela fazia isso para se ocultar, mas Jesus apareceu nesse horário para conversar com ela e se revelar ao seu coração, muitas pessoas hoje vivem assim, tentando se ocultar, pois tem vergonha de certas situações que vivem, talvez até mesmo do seu próprio passado, mas Jesus apareceu no aquecer do dia, ao meio dia, numa hora em que o dia é mais claro, na língua hebraica o meio dia se chama   צָהֳרַיִם (tsohorayim) que vem do verbo צָהַר (tsahar) que significa brilhar, reluzir, aclarar.

 Jesus disse: “...Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” João 08:12
A luz quando é manifestada mostra o que está oculto, Jesus é aquele que conhece todas as coisas pois é Deus onisciente, e ele se revela ao pecador como “A luz do mundo”, fazendo com que o homem reconheça o seu erro, para tirá-lo das trevas (pecado), e trazê-lo para a luz; assim ele fez com a mulher samaritana.


Fonte: Novo Manual dos Usos e Costumes dos Tempos Biblicos
            Autor: Ralph Gower
            Editora CPAD