Onde está o libelo de divórcio?

00:00 0 Comments A+ a-


Isaías 50:1

             “Assim diz o Senhor: Onde está o libelo de divórcio de vossa mãe, pelo qual eu a repudiei? Ou que é o credor, a quem eu vos tenha vendido? Eis que por vossas maldades fostes vendidos, e por vossas prevaricações vossa mãe foi repudiada”. 

Descrição da mensagem


             Quando Adão desobedeceu, foi destituído da glória de Deus e sentenciado a estar fora do Paraíso, longe da presença de Deus. Mas o Senhor providenciou o recurso para que o homem pudesse voltar para sua presença.

             Deus pergunta: onde está o libelo do divórcio?

             O que motivou a separação do homem? Reposta: a desobediência.

             Libelo - peça de um processo onde constam todas as acusações contra o réu.

             Divórcio - separação de um casamento e de uma aliança. 

             Quando o homem aceita o recurso proposto pelo Senhor, ou seja, o sacrifício de Jesus, ele é lavado e remido, morre para o mundo e torna-se uma criatura livre de acusações. Quem morre, não pode ser condenado; o seu processo de julgamento é extinto. Jesus quando tomou o nosso lugar nos livrou das acusações.

             Vendidos - venda é a troca de um bem por algo de valor. Deus não nos vendeu, para ele somos de valor inigualável.

             Prevaricação - deixar de fazer algo (desobedecer) - por isso perdemos o direito à vida eterna.

             Mas Deus nos resgatou do credor, enviando seu Filho Jesus que pagou um alto preço na cruz.

             O homem que aceita o Projeto de Deus para Salvação, o sacrifício de Jesus, é justificado diante de Deus.


             Onde está o libelo do divórcio? Não existe mais, pois Jesus o cravou na cruz do Calvário.

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).