PROCLAMANDO A VOLTA DO SENHOR JESUS!




"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” -Apocalipse 22:17



terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Jesus no Mar de Tiberíades



João 21: 1-12 

INTRODUÇÃO

            O homem natural vive neste mundo inteiramente segundo a sua razão; ele desconhece e não considera a vontade do Senhor na sua vida. Isso acontece porque para ele Jesus está “morto”. Essas pessoas, quando muito, se limitam a viver segundo uma religião que escolhem para si.
           
DESENVOLVIMENTO

Verso 3 – Disse-lhe Simão Pedro: vou pescar ... - O religioso age sempre por conta própria, e não busca a orientação do Senhor, pois prá ele Jesus está morto. Ele sai de noite (sem a revelação) e se lança ao mar, para procurar o alimento de que necessita, mas não consegue resultados satisfatórios deste trabalho, ele trabalho muito, se esforça e não apanha nada, porque busca fora da vontade do Senhor.

Verso 4 – Jesus aprece de manhã na praia, mas os discípulos não o reconhecem – Jesus se revela no alvorecer das nossas vidas espiritual, quando os primeiros raios de luz (primeiras revelações) começam a brilhar. A partir deste momento o servo começa a trilhar o caminho dos justos, que como a luz da aurora vai brilhando mais e mais, até ser dia perfeito.

Verso 5 – Filhos, tendes o que comer? - Esta pergunta de Jesus aos discípulos, reflete a sua preocupação com suas vidas espirituais e se têm com que se alimentar. O homem vive lutando neste mundo (mar) em busca do alimento de que a sua alma necessita, mas nada tem encontrado. Jesus se preocupa porque sabe que sem o alimento o homem morre, e só Ele tem o alimento que dá vida eterna. O homem deve se alimentar logo de manhã, logo que tem um encontro com Jesus.

Verso 6 – Lançai a rede para a direita do barco ... – A orientação do Senhor nos leva ao lugar onde encontraremos alimento em abundância, e para obtê-lo precisamos obedecer sua Palavra. Jesus está à direita do Pai, intercedendo por nós, de modo que aquilo que pedirmos a Ele, segundo a sua vontade, alcançaremos, pois Ele é o nosso intermediador diante do Pai.

Verso 7 – Então um discípulo disse: É o Senhor. E quando Pedro ouviu isso, cingiu-se e lançou-se ao mar ... - Quando o Senhor se revela e começa a operar na igreja, os que estão desacertados e no pecado (nus), pulam para fora do barco (igreja) e caem no mar (mundo). Na igreja não há lugar para os desacertados, a não ser que corrijam sua vidas diante do Senhor.

Verso 8 – Logo que chegaram na praia, viram brasas e um peixe em cima e pão ... - O Senhor já tem tudo preparado para nós, basta nos alimentarmos daquilo que Ele tem providenciado para o nosso crescimento. O peixe fala do alimento e as brasas apontam para as provações, essas coisas são o nosso alimento, aquilo que vai nos fortalecer e manter. O bom peixe (servo) não foge das brasas (provas).

Verso 11 – Os 153 peixes pescados – Falam daquilo que deve estar na igreja, resultado da obediência à revelação do Senhor.
            1 = A unidade do Corpo, a Obra na vida da Igreja (um só Senhor, um só Espírito, uma só fé);
            5 = Os ministérios de Jesus operando segundo a revelação;
            3 = A presença da Trindade na vida da igreja.

CONCLUSÃO

Verso 12 – Vinde e jantai ... - Depois que o Senhor estabelece todas as coisas e realiza a sua Obra no meio da igreja, segue-se o arrebatamento, pois a igreja já atravessou todas os períodos do “Dia Profético” e está pronta para cear com o Senhor na eternidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

SOCIAL MEDIA


Wallace Oliveira Cruz

MARCADORES