PROCLAMANDO A VOLTA DO SENHOR JESUS!




"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” -Apocalipse 22:17



quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Jesus anda sobre o mar


Marcos 6: 45-51 

          INTRODUÇÃO

A Palavra mostra que todas as vezes que Jesus estava presente em algum lugar, os milagres e maravilhas aconteciam. Isto porque na presença de Jesus, as obras de Deus eram manifestas. A Bíblia mostra muitos exemplo disso - A cura de sogra de Pedro, a ressurreição de Lázaro, a cura da mulher encurvada e do homem da mão mirrada, etc.


          DESENVOLVIMENTO

Na noite em que os discípulos atravessaram o Mar da Galiléia, o fizeram sozinhos, Jesus não estava com eles, pois havia ficado em terra orando, e muitas dificuldade surgiram durante a travessia, pois o mar se embraveceu com fortes ventos, e as ondas se levantaram.

O grande perigo enfrentado pelo homem nesta hora é o fato de ele estar sozinho, sem contar com a presença do Senhor em sua vida e em seu coração. O salmista se refere ao Senhor como um abrigo em meio à tempestade, como um rochedo forte e um esconderijo para o homem. A sombra do Senhor é um lugar de descanso; O Senhor é o nosso refúgio e nossa Salvação. A Salvação não é algo para depois da morte, mas nós precisamos dela ainda nesta vida, para que possamos atravessar este mar, que é o mundo, em segurança, até chegar ao Porto Seguro, que é a eternidade.

O homem pensa que é forte e auto-suficiente, mas na verdade ele é frágil. Basta um vírus microscópico para colocar o homem numa cama ou num túmulo. Às vezes o homem é derrotado por uma angústia profunda ou por um situação inesperada.

O homem lá fora está só e desamparado, como os discípulos naquela noite, no meio do mar furioso; Jesus não estava com eles e por isso eles corriam perigo de vida. Eles precisavam da presença e da bênção do Senhor. Quando o Senhor Jesus veio até eles, caminhando sobre as ondas do mar e entrou no barco onde estavam, logo o milagre aconteceu, o vento parou de soprar e o mar se acalmou.


          CONCLUSÃO

Este mundo é como um mar furioso. Ele se levanta repentinamente para nos fazer afundar e afogar. Sozinhos não temos como suportar os problemas e dificuldades, mas quando clamamos em meio às lutas desta vida, pelo nome do Senhor, imediatamente Ele se faz presente para nos livrar e os milagres começam a acontecer. Nós não podemos viver sozinhos, este é nosso maior problema: não contar com a presença do Senhor Jesus na nossa vida. Mas quando o Senhor chega tudo muda e a bênção é ordenada.

A presença de Jesus - o Eu Sou - é a presença do Pai e do Espírito Santo na nossa vida. Jesus é o mesmo hoje em dia, Ele continua no meio do seu povo para abençoar aquele que espera na sua providência. Ele mesmo disse: “Clama a mim, e responder-te-ei...”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

SOCIAL MEDIA


Wallace Oliveira Cruz

MARCADORES