Esta é a Porta do Senhor...

00:00 0 Comments A+ a-



Salmo 118: 19, 20

INTRODUÇÃO 


O mundo atravessa momentos difíceis nesta hora, onde as necessidades do homem são muitas, mas a maior delas é espiritual. O homem tem sede de Deus e ao longo da sua vida tem buscado preencher o vazio do seu coração. Para isso tem recorrido a várias portas, esperando encontrar nelas a sua satisfação interior.

DESENVOLVIMENTO 


O pecado transformou o homem em um ser materialista e cético, por isso ele procura portas de justiça (justiça = merecimento). O homem natural pensa: é injusto ser infeliz, estar em aflição. Ele diz: “eu sou justo e tenho muitos méritos, não deveria sofrer tanto...”.

Algumas portas onde o homem julga encontrar a felicidade e a sua satisfação:

·       Conhecimento – Alguns acham que a felicidade é ter um grande conhecimento sobre diversos assuntos, mas isso muitas vezes os leva a se afastarem ainda mais de Deus, pois o conhecimento os conduz a aceitar somente o que é lógico, racional ou que possa ser explicado cientificamente.

·       Religião – Muitos buscam nas diversas religiões o conhecimento de Deus somente para essa vida, endurecendo seu coração para as coisas espirituais e impedindo uma real experiência com o Senhor. O Deus da religião é um Deus distante e histórico, que só operou no passado.

·       Bens Materiais – Outros acham que a plena felicidade está nos bens materiais; mas a vida de abastança e luxo termina gerando tristeza e acrescentando dores, pois o homem nunca está satisfeito com o que possui e sempre quer mais, pois o seu vazio permanece.

Nada disso satisfaz ou atende as necessidades que o homem tem na sua vida interior, por isso Deus, na sua misericórdia tem apontado a verdadeira Porta da Justiça. Jesus é a única Porta aprovada por Deus, e somente através dele é que o homem pode entrar na presença de Deus e alcançar a qualidade de justo – justificado pelo Sangue de Jesus.

CONCLUSÃO

Não adianta bater em outras portas, pois somente uma pode se abrir para conduzir aquele que crê à vida eterna.
Neste momento o Espírito Santo aponta para o Senhor e diz: “Esta é a Porta do Senhor, pela qual os justos entrarão”. 


Pr. Siegfried Grunhagen – Curitiba - PR

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).