Eliseu salva três reis

00:00 0 Comments A+ a-


II Reis 3: 5-10

INTRODUÇÃO 

O rei Jorão, filho de Acabe, convida Josafá, rei de Judá, e o rei de Edom, para pelejarem contra Mesa, rei dos moabitas, que havia se rebelado. 

Os três reis partem numa marcha de sete dias e não tomam providências no sentido de levar água para o exército e para o gado (que serviria de alimento) que os acompanhavam. 

Logo percebem a dificuldade em que se encontram e buscam o socorro do Senhor, através do profeta Eliseu.

DESENVOLVIMENTO

Quando foi convidado por Jorão para aquela empreitada, o rei Josafá não consultou o Senhor, antes de aceitar o convite, e só quando percebeu a situação difícil em que se meteu foi que lembrou de buscar ao Senhor.

Eliseu repreende a Jorão, e em consideração ao rei Josafá, pediu um tangedor e começou a louvar, buscando uma orientação do Senhor para aquela necessidade. O Senhor então mandou que todos cavassem várias covas no vale onde estavam e esperassem. Na ocasião não havia vento nem chuva, mas o Senhor disse que todas as covas se encheriam de água, para que eles não morressem de sede. O senhor também prometeu vitória sobre os moabitas.

Na manhã seguinte, oferecendo-se a oferta de manjares, as águas vieram e encheram as covas. Quando o sol nascente refletiu na superfície das águas, os moabitas pensaram que era o sangue dos três exércitos que haviam lutado entre si e se matado, e avançaram para recolher os despojos. Então os israelitas os atacaram e os destruíram totalmente, conforme prometera o Senhor.

CONCLUSÃO

Josafá é tipo do servo do Senhor. Jorão é tipo do falso servo e o rei de Edom tipifica o homem do mundo. Devemos ter muito cuidado ao tentar fazer aliança com estes tipos de pessoas. Precisamos consultar ao Senhor antes de qualquer decisão, pois os prejuízos e as dificuldades poderão ser grandes.

A falta da água – bênção do Senhor, Palavra revelada – que serve de sustento, é um perigo e um laço muito grande. Este tipo de união com os que não têm uma experiência com o Senhor, pode nos colocar em situações complicadas, além de nos expor ao inimigo.

Quando a dificuldade surge por causa do desacerto, faltam o vento, que é a orientação do Espírito Santo, e a chuva que fala da bênção do Senhor, e a única alternativa é cavar covas, isto é, buscar a presença do Senhor com jejuns, súplicas, orações, lágrimas e madrugadas. Tudo isso poderia ter sido evitado se o Senhor tivesse sido consultado.

Mas o Senhor é misericordioso, e sempre envia o socorro através da revelação do Senhor Jesus – o Sol da Justiça – que reflete a sua luz revelando o poder do seu Sangue, que para o inimigo significa morte, mas para nós vida eterna. É justamente através da revelação do poder do Sangue de Jesus que nós alcançamos o perdão e a vitória sobre o inimigo.

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).