Eliseu multiplica o azeite da viúva

00:00 0 Comments A+ a-


II Reis 4: 1-7


            INTRODUÇÃO
           
Mulher viúva - Tipo da igreja necessitada e dependente do Senhor;

Os filhos - São aqueles que foram gerados pela igreja, e que são ameaçados de escravidão pelo credor (adversário);

A dívida - o salário do pecado, a morte - Rom 6: 23;

A botija de azeite - Bênção do Espírito na vida da igreja, a Obra profética e os dons no corpo.

            DESENVOLVIMENTO

            A igreja vive nesta hora um momento que requer muito cuidado e vigilância. O mundo sofre uma época de escassez espiritual, e nesta hora o inimigo se levanta, qual credor sem misericórdia, buscando escravizar a muitos.

            Aquilo que vai manter os filhos seguros na presença do Senhor, é a abundância da sua bênção - o azeite - na vida da igreja, e ela não pode permitir que seus filhos sejam novamente escravizados. A igreja deve clamar ao Senhor, para que a bênção não falte na sua vida.

            Às vezes a igreja se vê ameaçada por causa da falta de azeite, isto é, a bênção parece que está acabando, os dons não fluem mais e o Senhor parece que se esqueceu da igreja. Quando isso acontece, os filhos são ameaçados e alguns podem ser levados para o cativeiro, pois o credor, que é o inimigo, se apresenta para reclamar seus “direitos”.

            O que se deve fazer quando a igreja passa por esta fase?

A primeira coisa a fazer é clamar ao Senhor e colocar a situação diante da sua face;

Depois devemos reconhecer e confessar a falha de termos deixado o azeite acabar;

Em seguida devemos colocar diante do Senhor o pouco que temos e crer que Ele pode voltar a derramar sua bênção sobre nós novamente;

Por fim, a igreja deve se entregar ao trabalho de juntar vasos, isto é, convidar pessoas e evangelizar para que a bênção seja multiplicada e traga crescimento. Isso deve ser feito acompanhado com orações, intercessões, vigílias e madrugadas, para que os vasos se encham de azeite. A maior bênção na vida da igreja acontece quando ela vê novas vidas sendo alcançadas e sendo cheias do Espírito Santo.

            CONCLUSÃO

            A igreja só será vitoriosa juntamente com seus filhos, quando ela entende que não pode deixar faltar azeite na sua botija - a bênção do Espírito no seu coração. A orientação do Senhor  para que o azeite seja mantido, é que ela não cesse de trazer vasos - vidas novas - para sua casa. A igreja não pode parar de trabalhar, caso contrário seus filhos serão escravizados pelo adversário. Através da realização da Obra, a igreja se livra da dívida - morte -  e seus filhos recebem o escape.

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).