PROCLAMANDO A VOLTA DO SENHOR JESUS!




"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” -Apocalipse 22:17



quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Eis aqui o Cordeiro de Deus


JOÃO 1:32 a 42

INTRODUÇÃO

·     João pregava no deserto e muitas pessoas o seguiam
·     Este não era o seu objetivo. O seu objetivo era apontar o Senhor Jesus
·     Ele teve uma experiência pessoal com Jesus, quando este foi para ser batizado por ele (a visão da pomba)
·     João conhecia ao Senhor Jesus pessoalmente

DESENVOLVIMENTO

·     João prega acerca de Jesus e da sua experiência
·     o testemunho da igreja que conhece ao Senhor
·     A evangelização - o pecador está longe de Jesus
·     João pregava sobre Jesus, mas os homens não o estavam vendo
·     Jesus passa por ali
·     Eis AQUI o Cordeiro de Deus
·     No culto profético, a igreja apresenta Jesus e o projeto de salvação (O Cordeiro) ao pecador
·     O pecador vê a Jesus, ele está perto
·     Os discípulos o seguiram - o homem precisa ter a sua própria experiência com Jesus
·     Que buscais? - O Senhor se dirige ao homem que deseja segui-lo, fala com ele e sonda o seu coração para saber o que ele busca, se a vida eterna ou as coisas deste mundo
·     Onde moras? - o desejo do homem que quer realmente ter uma experiência com Jesus é ter certeza de que Jesus mora no meio da igreja
·     Vinde e vede - o Senhor se revela a todos aqueles que o buscam com o coração aberto
·     Descobrem a sua casa - confirmação da obra
·     Ficam com Ele - permanência na presença do Senhor
·     André era um dos que o seguiram
·     Depois de conhecer a Jesus, ele vai e proclama para o seu irmão, Pedro - Depois que o homem conhece a Jesus, ele não consegue ficar calado, mas proclama para os seus queridos a grande bênção que está vivendo.

CONCLUSÃO         

A igreja prega um Jesus que ela conhece muito bem e tem tido experiências profundas com Ele. Mas o homem precisa conhecer Jesus de perto e ter as suas próprias experiências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

SOCIAL MEDIA


Wallace Oliveira Cruz

MARCADORES