PROCLAMANDO A VOLTA DO SENHOR JESUS!




"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” -Apocalipse 22:17



quarta-feira, 19 de outubro de 2016

A necessidade de uma vida definida


I Pedro 3: 15


INTRODUÇÃO

A igreja vive um momento profético de definição nesta hora. Somente aqueles que tiveram uma experiência com o Senhor Jesus, é que se definiram e se firmaram no Caminho (I Jo 1: 1- 3).  

DESENVOLVIMENTO 

Muitas vezes nos deparamos com pessoas que estão na igreja por causa de seus pais, de seus amigos, ou por causa dos hinos que aprecia, ou por outros interesses. Essas pessoas, mais cedo ou mais tarde, abandonarão a caminhada, como já aconteceu com muitos.

O mundo tem muitos argumentos e armas para desmantelar a vida daquele que não teve uma real experiência com o Senhor Jesus. A ausência desta experiência pode levar muitos a não saber o que responder diante das “dúvidas” levantadas por muitos que estão vivendo na razão e na religião, fazendo com que eles mesmos passem a duvidar das verdades bíblicas, afastando-se delas.

Hoje em dia temos visto jovens da igreja se deixando dominar pelos laços deste mundo, induzidos por colegas e amigos que os envolvem com seus argumentos, já conhecidos; aconselhando-os a aproveitar os prazeres da vida e do mundo, pois eles estão aí para isso mesmo. Como é triste saber que muitos têm vergonha de serem identificados como servos de Jesus diante de seus colegas de escola, preferindo se identificar com eles, na sua maneira de falar, de se vestir e de proceder, com medo do confronto e de sofrerem desprezo.

Como é importante a experiência pessoal e transformadora proporcionada pelo Espírito Santo, pois ela nos dará uma personalidade de verdadeiros servos, através da  Armadura de Deus, com a qual venceremos as astutas ciladas do maligno, permanecendo firmes diante do mal.

 CONCLUSÃO

A Palavra diz: “Ora irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com Ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento...” – II Tess 2: 1, 2b.

Ananias, Misael e Azarias, amigos de Daniel, foram lançados vivos, pelo rei Nabucodonosor, na fornalha de fogo ardente, mas não negaram sua fé no Senhor Deus de Israel (Dn 3: 19-25).

Os discípulos enfrentaram situações de grande perigo em suas vidas, e nunca negaram ao Senhor. Superaram todas as provações, por causa da sua experiência com o Senhor Jesus ressurreto. Eles foram ameaçados, torturados, perseguidos, mas nunca deixaram de testemunhar do nome de Jesus (At 4: 19).

O apóstolo Paulo não temeu as autoridades e os reis, e falou ousadamente daquilo que o Senhor realizou na sua vida no caminho de Damasco (At 26: 9–20).

Hoje em dia precisamos atentar para a vida destes e de outros servos, que tiveram um encontro com Jesus e se definiram na sua presença, permanecendo fiéis até o fim de sua vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

SOCIAL MEDIA


Wallace Oliveira Cruz

MARCADORES