PROCLAMANDO A VOLTA DO SENHOR JESUS!




"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” -Apocalipse 22:17



segunda-feira, 15 de agosto de 2016

"Quando se perde a confiança"




Quem nunca cometeu nenhum deslize em um relacionamento, que atire a primeira pedra! De que deslize estou falando? Desde uma "simples" mentirinha á uma traição. Pisadas de bola funcionam como atentados violentos contra a confiança de um parceiro no outro.

Costuma haver uma relação direta entre o tamanho da pisada e o estrago na confiança, mas, às vezes, uma mentirinha aparentemente despretensiosa como "fiquei trabalhando até tarde", quando, na verdade, você estava era bebendo, ou jogando bola com os amigos, já é suficiente para que a confiança seja definitivamente abalada. Pois é, tem gente que não perdoa nada, acreditando que se o outro conta pequenas mentiras, é capaz de qualquer coisa. São os adeptos da tolerância zero, que costumam ser altamente exigentes consigo mesmos e, por isso, tratam seus parceiros com o mesmo rigor.

E tem quem faça vistas grossas a qualquer deslize do parceiro, para não correr o risco de perdê-lo. O excesso de permissividade, no entanto, é um tiro pela culatra, na medida em que vai minando a auto-estima. E sem auto-estima, não há relação que se sustente!

Como, então, reagir à traição da confiança?

Não possuo nenhuma fórmula milagrosa, que pudesse, de repente, ser aplicada a qualquer pessoa, indistintamente. O que sei, por experiência própria, é que a única forma de perdoar o outro é tentar se colocar no lugar dele. Se fosse você o mentiroso, por que deveria ser perdoado por seu parceiro? Você seria capaz de cometer a mesma traição que ele?

Se formos capazes de superar nosso orgulho e nossa raiva, é bem provável que consigamos nos identificar com o outro, reconhecendo que poderíamos cometer erro semelhante – ou até já o cometemos. Este é o primeiro passo para reconquistar a confiança perdida. Mas o assunto é dos mais delicados, pois todos somos seres imperfeitos e com uma boa dose de egoísmo e mesquinhez. Passar por cima de tudo isso e reconhecer que o parceiro arrependido merece uma segunda chance é um trabalho e tanto. Mais vale a pena!

Ore e confie no Senhor, pois somente ele é capaz de transformar um coração endurecido pela falta de confiança e falta de perdão. Pois ele é amor, e nos ama incondicionalmente.

Deus abençoe sua família em nome de Jesus!


Casamentos Restaurado em Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

SOCIAL MEDIA


Wallace Oliveira Cruz

MARCADORES