PROCLAMANDO A VOLTA DO SENHOR JESUS!




"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” -Apocalipse 22:17



domingo, 26 de junho de 2016

Clamor pelo Sangue de Jesus não é uma reza



Por Marco Elias


O sacrificio do cordeiro no antigo testamento apontava para o sacrifício de Cristo. 
"Eis o cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo!"


PONTO 1 ESTABELECENDO CERTOS ENTENDIMENTOS NECESSÁRIOS

Algumas pessoas estão afirmando em redes sociais, blogs e sites de igrejas tradicionais (particularmente algumas de orientação calvinista-cessacionista) que o clamor pelo Sangue de Jesus é uma “reza” inventada pela Igreja Cristã Maranata e usam como ponto de destaque o seguinte argumento: 

“A expressão clamamos pelo Sangue de Jesus ou clamo pelo sangue do cordeiro é uma reza, pois é uma expressão repetitiva”. “E, quando orardes, não useis de vãs repetições, como fazem os pagãos; pois imaginam que devido ao seu muito falar serão ouvidos” – Mateus 6:7 (Texto da King James Bible).

Até aqui a lógica estaria correta, MAS NÃO ESTÁ! Explicarei adiante.

PONTO 2 - CABE AQUI UM PARÊNTESE

Eles gostam da lógica, da razão humana, da antropologia e da filosofia. Eu também gosto e pensava que estas coisas “fariam a diferença” na vida de um Cristão, até ao dia inesquecível em que o Senhor (refiro-me ao nosso Deus) mostrou-me (literalmente) que o que faz a diferença é a ação viva do seu Espírito Santo na vida do crente, pois é ele que descortina os segredos de Deus aos homens e quando ele começa a falar, a lógica, a antropologia e a filosofia tornam-se mera tolice humana. 

PONTO 3 - VOLTEMOS À QUESTÃO DA LÓGICA MAL APLICADA

“E, quando orardes, não useis de vãs repetições, como fazem os pagãos; pois imaginam que devido ao seu muito falar serão ouvidos” - Mateus 6:7 (Texto da King James Bible).

Vejamos que o termo “vãs” (plural) é o feminino do termo “Vãos” (plural) e segundo o dicionário da língua portuguesa, o termo possui os seguintes significados:

Vão - adj (lat vanu1 Vazio, oco, sem valor. 2 Falto de realidade; fantástico, filho da imaginação. 3 Falto de senso, de conhecimentos; frívolo, ignorante, insciente. 4Baldado, ineficaz, inútil. 5 Que não tem razão de ser nem fundamento. 6 Frívolo fútil. 7 Aparente, enganador, falso, mentiroso. fem: vãPl: vãos. sup abs sint: vaníssimo. (Dicionário Michaellis).

Logo a exegese nos dará a entender que Cristo está dizendo que as repetições vazias, ocas e sem sentido não possuem nenhum valor para se alcançar o favor de Deus.

Agora vejamos um culto do qual temos certeza que Deus se agradou:

No livro do profeta Isaías, no capítulo 6, o profeta presenciou um culto de louvor a Deus, realizado por anjos: “E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória”.

Note que a expressão descrita no texto era pronunciada repetidas vezes pelos anjos, mencionando a santidade do ETERNO e a terra cheia da glória dele. Parece-nos que esta repetição não era vã, (vazia ou sem fundamentos) mas estava carregada de significados proféticos. (Não vou entrar nestes detalhes aqui).

Então, pode-se concluir que existem as vãs repetições e as repetições agradáveis, as quais certamente enaltecem a glória de DEUS.

O “Aleluia” e o “Glória a DEUS” são exemplos disso. Frases curtas e simples, que se tornam por um instante o louvor da alma remida e quando proferidas por homens e mulheres de Deus no ato do culto, parecem mover uma operação viva de Deus e ELE não mostra a frieza dos “senhores da lógica humana”, ele simplesmente mete fogo no arraial. O arraial é dele, somente dele.

Glória a DEUS!!!

PONTO 4 - A CHAVE DA MINHA CASA ENTRA EM AÇÃO

Uma explicação simples (transposição didática) para que você entenda.
Recentemente minha esposa voltou para casa mais cedo, foi quando percebeu que havia deixado a chave dela comigo. Foram algumas horas de espera até que eu chegasse, afinal a chave da casa dos nossos vizinhos nunca funcionou para abrir a nossa porta (fato muito evidente). É questão de lógica, sem a chave original ninguém entra e serei obrigado a repetir a mesma chave todos os dias, na volta para casa. 

O caro leitor ainda não entendeu?

O clamor pelo sangue de Jesus é uma chave maravilhosa que nos abre portas extraordinárias na presença do senhor.

Os donos da lógica preferem derrubar as portas para não usar a chave.



Mas existe uma PORTA que ninguém conseguirá derrubar: Cristo!!!


MARANATA!!! ELE VEM!!!

Que Deus nos abençoe!


Cordiais saudações em Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

SOCIAL MEDIA


Wallace Oliveira Cruz

MARCADORES