Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam. João 5:39

Seguidores do Blog

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ...’


INTRODUÇÃO:

A partir do momento que o casal teve uma experiência com o Senhor, eles sabem que em primeiro lugar tem o Senhor na vida deles, e nós não poderíamos deixar de bendizer e exaltá-lo pela união da vida deles.

DESENVOLVIMENTO:

O salmo fala de experiência de um homem com o Senhor ( Davi ), esse homem foi como nós um trabalhador, foi também um homem que teve o privilégio de conhecer o Senhor. Neste salmo ele narra a sua experiência pessoal com o Senhor, então ele diz:

‘O Senhor é meu pastor e nada me faltará’

Ele diz o Senhor ‘O Senhor é meu’, ou seja, o Senhor é quem dirigi o Senhor é quem governa a minha vida, e ele usa a expressão ‘Nada me faltará’, depois iremos entender porque esta expressão.
‘Deitar me faz’, o deitar fala de descansar, ou seja, o Senhor governando a vida d homem como governou a vida de Davi, ele vai poder descansar, e não é só deitar e dormir é descansar em tudo, nos negócios, no casamento, em tudo, Davi sabia em quem confiava, em quem servia.
‘Guia-me pelas veredas’, o guiar fala de dirigir, da direção, ele também queria dizer que o Senhor sendo o meu pastor, ele não teria que se preocupar com nada, porque ele vai guiar os meus passos, por onde quer que eu vá o Senhor vai estar comigo.
Nós temos aqui o casal, que hoje começa uma vida nova, e eles também vão precisar desse descanso no Senhor, da direção do Senhor pra suas vidas.
Davi ainda usa a expressão:
‘Ainda que eu andasse pelo vale da sombra e da morte não temeria mal algum’
Sabe porque, porque casamento tem suas lutas. E quem não tem luta? Todos nós temos e Davi também teve em seu casamento, porque nós citamos que ele era um pai de família.
‘Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte’, não vai ser os dias, os anos, a posição social, os filhos, posteriormente a idade, que irá separar o casal da presença do Senhor.
Porque: ‘Ainda que eu andasse pelo vale da sombra e da morte não temeria mal algum porque tu estás comigo’.
‘Tu estás comigo’, é o companheirismo do Senhor para conosco, pois casamento é companheirismo, é vida a dois, ambos estarão juntos, mãos dadas, braços dados, vida a dois, relacionamento perfeito, casamento é isso, companheirismo. O esposo é a estrutura da esposa e vice-versa.
‘Não temeria mal algum, porque tu estás comigo a tua vara e teu cajado me consola’.
A vara fala da correção e o cajado a direção do Espirito Santo. Hoje para um casamento dar certo, precisa da direção do Senhor, precisa da correção do Senhor, precisa do conselho de Deus. Infelizmente existe muitas decepções, casais se separando, e isso acontece porque não tem o conselho, da correção de Deus, o homem começa a confiar em si mesmo. Mas Davi disse: ‘A tua vara e teu cajado me consola’ porque o único que tem o consolo e o conforto para nossas vidas é o Senhor.
‘Preparas uma mesa perante mim, na presença dos meus inimigos’.
Casamento tem seus limites, o inimigo do casamento é a incompatibilidade de  gêneros, a razão a causa da separação de muitos, é a situação financeira, desemprego. Mas Davi diz:
‘Unges a minha cabeça com óleo e meu cálice transborda’
Um homem que tem a cabeça no espírito, na presença de um Deus vivo, não importa a luta que vier ele sabe em quem confiar, porque a confiança dele estar no Senhor.
O casamento não vai se desmanchar, ele vai permanecer, porque o homem que tem o Senhor como seu pastor, ele vai a presença do Senhor, ele toma conselho de uma pessoa espiritual, e assim este casamento dará certo. Mas muitos buscam conselhos de pessoas erradas, e o homem não tem a cabeça no lugar. Deus não criou o homem para casar uma, duas ou três vezes, mais o casamento é uma instituição criada por Deus.
A família é a célula mãe, e o casamento é profético, pois o casamento mostra o arrebatamento da igreja, pois Jesus está representado na figura do esposo, e a igreja fiel, na figura da noiva, e é um relacionamento perfeito, tem que ser um relacionamento perfeito, pois quando a igreja se refere a Jesus ela diz: ‘Eu sou do meu amado e meu amado é meu’, e Jesus por sua vez chama a igreja de ‘amiga minha, pomba minha, Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, formidável como exército e com bandeira’  portanto a Davi diz:
‘Preparas uma mesa perante mim na presença de meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo e meu cálice transborda’.
O transbordar  é benefício, porque o casamento é beneficio, porque um casamento bem estruturado, edificado com o Senhor, haverá os benefícios.
Aquele filho que tem um lar bem estruturado, o pai ao lado da mãe, ele será mais equilibrado, posteriormente bom aluno, bom profissional, pois o lar é a estrutura do filho.
A palavra diz: ‘E meu cálice trasborde’, casamento é testemunho.
‘ Certamente que a Bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida’. Porque Davi usa essa expressão: ‘O Senhor é o meu pastor e  nada me faltará’. É interessante que o pastar de ovelhas, é ele que guia sua ovelhas, e as ovelhas o seguem porque conhece a sua voz.
Davi disse: ‘O Senhor é o meu pastor, mas a bondade e a misericórdia me seguirão, é por isso que Davi disse que nada lhe faltaria.
O Senhor na frente, Davi no meio e atrás a bondade e a misericórdia, nada vai faltar. É o caso do casal, o Senhor à frente, ambos no meio, e atrás a bondade e a misericórdia. Bondade do Espirito Santo e a misericórdia de Jesus é a trindade presente, o pai, o filho e o Espirito Santo, nada vai falar na vida deles.
‘Todos os dias da minha vida’, pois o casamento é para sempre. ‘E habitarei na casa do Senhor por longos dias’ pois estamos aqui de passagem, vale a pena.

CONCLUSÃO:

Coloquemos o Senhor a nossa frente, como nosso pastor, nos coloquemos logo após o pastor e deixemos que atrás nos acompanhe a bondade e a misericórdia.



     Wallace Oliveira Cruz
     Facebook   -   Twitter